Muitas vezes, os exemplos de SEO Onpage acontecem dentro do código HTML de um site. Embora o visitante normal não veja isso, os rastreadores do Google sim. Eles leem cada linha e notam se estão alinhadas. Além do alinhamento do código HTML, seu site também deve conter links exclusivos, relevantes e internos. Esses três elementos ajudarão o Google a entender seu conteúdo. Se esses fatores não estiverem presentes em seu site, você pode estar perdendo visitantes em potencial.

Dados estruturados ajudam o Google a entender seu conteúdo

Quando você usa dados estruturados para otimizar seu site para pesquisa, o Google os reconhece e os usa para determinar a melhor classificação possível para seu conteúdo. 

Dados estruturados são informações adicionais que aparecem nos SERPs, geralmente ao lado da descrição do site. Por exemplo, se alguém pesquisar “restaurantes em Chicago”, verá uma pequena informação ao lado do nome do site, horário de funcionamento, preços e avaliações. Esses dados extras são chamados de marcação de esquema e ajudam o Google a entender o conteúdo do seu site.

Os dados estruturados são sempre codificados e podem ser usados ​​para uma variedade de tipos de conteúdo. Os dados estruturados adicionam mais detalhes aos resultados da pesquisa. 

A Galeria de Pesquisa do Google mostra resultados avançados com base em dados estruturados. No entanto, isso não garante que o Google o usará. Você deve verificar se sua página atende aos requisitos para evitar esses problemas. Abaixo estão listadas algumas das coisas que você deve fazer antes de adicionar dados estruturados ao seu site.

Outro benefício dos dados estruturados é que eles fornecem aos mecanismos de pesquisa uma compreensão mais profunda do seu conteúdo. Ele ajuda o Google a identificar palavras-chave com mais facilidade e fornecer resultados relevantes aos usuários. 

Mesmo um desenvolvedor iniciante pode usá-lo para aprimorar o SEO de seu site. A capacidade de apresentar rich snippets e informações adicionais nos resultados de pesquisa é uma grande vantagem para o público. Os benefícios dos dados estruturados para otimização de mecanismos de pesquisa não podem ser exagerados.

Existem dois tipos principais de dados estruturados. Você pode adicioná-los diretamente às suas páginas da Web ou usar um plug-in para facilitar o processo. Você também pode adicionar dados estruturados aos seus e-mails, se preferir. Este método tem várias vantagens e ainda está crescendo em popularidade. E o Google está expandindo o suporte para essa tecnologia. A melhor maneira de implementá-lo em seu site é usar o Google Structured Data Markup Helper.

Conteúdo único

Entre os muitos exemplos de SEO na página, a página pilar é um hub central para links internos para o conteúdo do cluster do seu site. Cada parte do conteúdo é vinculada à página principal, que pode ser vinculada a outro conteúdo relacionado a SEO. Além disso, a URL do seu site é uma peça vital do quebra-cabeça de SEO. A URL do seu site deve ser amigável ao SEO, pois é um fator importante para os mecanismos de pesquisa.

Conteúdo relevante

Para os motores de busca, a relevância é essencial. Os textos relevantes correspondem à consulta do usuário o mais próximo possível. Como uma empresa comercial, os provedores de pesquisa ganham dinheiro com os anúncios que aparecem nas páginas de resultados de pesquisa. 

A relevância também depende do idioma. Se seu site não fala o mesmo idioma que seus visitantes, você pode usar o atributo hreflang para atribuí-lo a um idioma específico. A relevância pode melhorar a classificação geral de pesquisa do seu site.

O termo relevância refere-se à importância de um documento ou objeto digital para uma consulta de pesquisa. Ele pode ser aplicado a mecanismos de pesquisa simples em um site ou a processos de pesquisa mais sofisticados, como pesquisas na web. É por isso que a relevância do conteúdo é crucial para os rankings dos mecanismos de busca. Usar conteúdo relevante é uma das maneiras mais eficazes de otimizar seu site e obter bons rankings. O conteúdo relevante pode ser aprimorado otimizando os meta elementos.

Links internos

Não se trata apenas de otimizar tags de título, adicionar palavras-chave ou criar links. Os links internos são tão importantes quanto os externos. Os links internos ajudam os mecanismos de pesquisa a rastrear o conteúdo do seu site. O uso de links internos estrategicamente posicionados ajuda você a mover clientes em potencial mais profundamente no funil de conversão. 

Ao criar conteúdo, antecipe as dúvidas que os usuários possam ter e inclua estrategicamente links internos em seus artigos. Quando bem feito, os links internos podem ter um tremendo impacto no seu ranking de busca.

Use o texto âncora como texto âncora para links internos. Certifique-se de que o texto âncora seja relevante para o conteúdo da sua página. Também é melhor evitar imagens vinculadas em links internos. 

As imagens são boas se forem fontes secundárias de links, mas certifique-se de que o texto alternativo da imagem descreva sobre o que é a imagem. Certifique-se de que seus links internos estejam no alto da página. Se possível, coloque-os dentro do primeiro parágrafo da página.

Os links internos são úteis porque orientam os usuários para um conteúdo específico ou páginas de produtos. Eles também aprimoram a experiência do usuário (UX) e melhoram o desempenho da pesquisa. Links de navegação típicos são usados ​​na estrutura do menu principal e podem orientar os usuários para os produtos e serviços que eles está procurando. 

Eles também tornam a jornada do cliente simples e fácil. Para mais dicas, confira os exemplos de SEO na página, incluindo links internos. Uma vez que você tenha uma ideia de como eles podem beneficiar seu site, você estará pronto para implementar algumas dessas táticas em seu próprio site.

Links internos são importantes para o sucesso do SEO. Eles ajudam você a divulgar o PageRank e aumentar o desempenho geral do seu site nos mecanismos de pesquisa. Os links internos devem estar ao alcance de sua página inicial e seu conteúdo deve estar espalhado por todo o site. 

Ao facilitar a navegação dos usuários em seu site, é mais fácil para eles encontrarem conteúdo relevante para eles. Portanto, se você quiser ficar à frente da concorrência nos rankings dos mecanismos de pesquisa, considere adicionar links internos ao seu site.

Densidade de palavras-chave

No SEO On-page, a densidade de palavras-chave refere-se à frequência com que uma determinada palavra-chave aparece em uma página. Essencialmente, é a proporção de quantas vezes uma palavra-chave ocorre em um documento para o número total de palavras. 

Uma densidade de palavras-chave adequada dará o máximo impacto ao SEO de uma página, ao mesmo tempo em que cria relevância semântica. Existem várias maneiras de conseguir isso. Continue lendo para obter exemplos de densidade de palavras-chave e como alcançá-la.

Embora a densidade ideal de palavras-chave varie de acordo com a página, a regra geral é que você deve colocar sua palavra-chave alvo no primeiro parágrafo da sua página. Embora a densidade ideal de palavras-chave não seja necessariamente alta, ainda é uma boa prática. Os mecanismos de pesquisa desejam exibir conteúdo de alta qualidade que resolva os problemas do usuário. 

Geralmente, isso significa usar sinônimos e palavras-chave de cauda longa para melhorar a classificação da sua página. Além disso, você deve usar termos relacionados e palavras-chave relacionadas para fornecer um contexto contextual para seu conteúdo.

Alguns pesquisadores descobriram que uma alta densidade de palavras-chave pode dar ao Google pistas de que sua página é relevante para uma consulta específica. A densidade de palavras-chave varia muito – 6% em uma página com apenas algumas palavras pode não parecer spam. Mas importa se a página tiver um número alto de palavras, pois uma densidade mais alta em uma página com mais palavras pode parecer mais spam.

Além das palavras-chave no conteúdo da página, existem LSI (cauda longa) e palavras-chave secundárias que justificam a relevância de uma palavra-chave primária. O primeiro parágrafo do texto, a tag de título, a meta descrição e as tags Alt de imagem são locais importantes para a inclusão de palavras-chave em uma página. 

O objetivo é atingir uma densidade de palavras-chave de dois por cento ou mais, mas a densidade não deve ser muito alta. Tenha em mente que o conteúdo deve ser escrito naturalmente.

Write A Comment

AllEscort