Para criar uma ótima experiência do usuário, você deve seguir várias regras fundamentais. Você deve certificar-se de que a experiência do usuário não seja desordenada ou superprojetada. A desordem faz com que o usuário se sinta inseguro sobre como proceder e pode levá-lo a sair. O melhor UX é inclusivo, o que significa que é projetado para todos os clientes, não apenas para aqueles que pagaram por um serviço ou compraram um produto. A desordem também deixa o usuário confuso, o que o levará a sair do site.

Experiência de usuário

Você sabe que a qualidade de um produto ou serviço é essencial para o sucesso de um negócio. Então, como você cria uma ótima experiência do usuário? Várias maneiras podem ser usadas para atingir esse objetivo. Um site fácil de usar, um produto que oferece exatamente o que o usuário precisa no momento certo e um atendimento excelente são apenas alguns deles. Independentemente do meio, esses fatores podem fazer a diferença.

O primeiro passo para criar uma ótima experiência do usuário é pensar na plataforma na qual o produto ou serviço será usado. Embora os sites sejam o exemplo mais comum disso, muitas marcas estão usando outros canais para se comunicar com seus clientes. Alguns deles usam e-mails e cobertura da imprensa. Tudo isso deve fazer parte da experiência do usuário. No entanto, algumas marcas podem optar por uma abordagem skeumórfica. Se a plataforma não for compatível com o dispositivo do usuário, o design deve ser flexível.

Ao projetar a jornada do cliente, a empatia é uma qualidade essencial. Para criar uma ótima experiência do usuário, os profissionais de marketing devem se colocar no lugar de seus clientes. Isso significa entender o contexto do cliente no momento de suas interações. Os profissionais de marketing tradicionais, por outro lado, observam os clientes em ambientes estéreis e tentam fazê-los reagir de acordo com um roteiro de marketing. Para criar uma melhor experiência do usuário, os profissionais de marketing devem entender a situação do cliente no momento da interface.

A criação de uma ótima experiência do usuário começa com a definição do produto. Na maioria das vezes, o design deve ser descritivo da jornada do usuário pelo produto. Isso inclui propriedades não funcionais, design visual e jornada do usuário. Também deve ser acompanhado por um storyboard, esboços de design e cenários. Pense nisso como uma matriz do que os usuários querem fazer com o produto. Em seguida, crie um produto que atenda a essas necessidades.

mobile first

Mobile First

Para qualquer site móvel, o design para o dispositivo móvel deve começar com uma hierarquia visual. Em última análise, o objetivo é criar uma jornada de usuário ideal que guie os usuários no caminho para a solução de seus problemas. Projetar para o dispositivo móvel também faz sentido em termos de SEO – o Google começou a indexar sites móveis em 2016. O algoritmo usa metadados e palavras-chave para classificar os sites e é essencial que você use isso a seu favor. Essa estratégia permite que seu site apareça mais alto nos resultados de pesquisa.

Por exemplo, os consumidores desejam realizar uma tarefa rapidamente e sem muitas etapas. Portanto, ao projetar uma interface móvel, você deve facilitar a conclusão das tarefas necessárias, eliminando os recursos que não são absolutamente necessários. Por exemplo, muitos aplicativos de comércio eletrônico oferecem uma opção de câmera para entrada de cartão de crédito, permitindo que os compradores digitalizem seu cartão de crédito sem inseri-lo manualmente. Isso torna o processo mais rápido e fácil para o consumidor.

Um dos principais motivos para otimizar para a plataforma mobile é aumentar as conversões e a retenção de clientes. Uma experiência positiva com o produto pode levar a uma maior retenção de clientes e aumento de conversões. Se o seu site móvel não foi projetado para funcionar em dispositivos móveis, você corre o risco de perder usuários. Evite imagens com qualidade de pixel, fontes pequenas e páginas mal dimensionadas. Se você otimizar para dispositivos móveis, poderá evitar as muletas de se adaptar a diferentes tamanhos de tela, o que pode prejudicar a experiência geral do consumidor.

Projetar para a plataforma móvel é a melhor maneira de aproveitar ao máximo o espaço limitado da tela disponível. A tela do celular tem muito menos espaço do que uma tela de desktop. Isso significa que você pode priorizar os aspectos mais importantes do seu produto e deixá-lo bonito em qualquer tamanho de tela. Se você não está considerando os dispositivos móveis como parte de sua estratégia digital, talvez seja hora de uma reformulação. Enquanto isso, os sites otimizados para celular tendem a ter uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa e aumentam a capacidade de descoberta de sua empresa.

Usabilidade

Para criar um produto ou experiência melhor, considere estas três etapas. Antes de começar a projetar, pare para se perguntar por que os usuários usam seu produto e o que eles gostam nele. Por exemplo, algumas pessoas gostam da aparência ou da sensação do seu produto, enquanto outras gostam de como ele funciona. Esse conhecimento ajudará você a criar uma experiência que seus clientes vão adorar. Além disso, não negligencie a importância da funcionalidade. Simplicidade e facilidade de navegação são cruciais para a satisfação do usuário.

Considere a acessibilidade. Se o seu site for acessível a pessoas com deficiência, certifique-se de que o tamanho da fonte seja maior e que a interface de voz esteja disponível. Essa é uma maneira de aumentar a satisfação do usuário e aumentar as conversões. A usabilidade é importante para a imagem da sua marca e aumentará suas chances de avaliações positivas online. Se o seu site for fácil de navegar, as pessoas ficarão mais tempo. E a melhor parte é que seus usuários vão contar a outras pessoas sobre isso! Portanto, tenha isso em mente ao projetar seu site!Experiência do usuário: seu site é o principal canal pelo qual os clientes em potencial encontram seus produtos ou serviços. Em muitos casos, a experiência do usuário determinará se as pessoas comprarão ou não. Uma boa experiência do usuário pode aumentar as conversões em mais de 50%. Independentemente do tipo de negócio que você administra, seu site é a ferramenta mais importante para atrair e reter clientes. Além de atrair novos clientes, também pode construir credibilidade e força dentro de sua organização. Se você deseja aumentar a satisfação do cliente, certifique-se de proporcionar a eles uma experiência de compra maravilhosa.

Um ótimo design de experiência do usuário deve ser fácil de navegar e fácil de entender. Os botões de chamada para ação devem ser fáceis de encontrar e acionáveis. A apresentação visual do site também é uma grande parte do design da experiência do usuário. É importante usar imagens que representem com precisão a verdadeira intenção de um usuário. Ao projetar sua experiência do usuário, sempre tenha em mente que seus designs devem ser consistentes em todas as plataformas. Se puder, considere usar designs skeumórficos sempre que possível.

atuação
A experiência do usuário inclui uma variedade de aspectos. Desde a aparência geral do site até a velocidade de carregamento da página, o desempenho é um fator importante para obter uma experiência positiva do usuário. Criar um site que carregue rapidamente aumentará a probabilidade de os usuários retornarem, compartilharem e confiarem nele. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a tornar seu site mais rápido. – Use spinners animados e telas de esqueleto para comunicar o progresso e a ação. Eles também reduzem o tempo de carregamento percebido e melhoram o desempenho percebido.

O desempenho é uma consideração essencial em todos os projetos digitais. Embora muitas pessoas considerem o desempenho puramente técnico, na verdade é uma parte importante do bom design. Felizmente, o desempenho pode ser influenciado diretamente pelos designers através de uma prática conhecida como Performant Design. Este método começa com cinco princípios fundamentais que articulam claramente os objetivos do design para o desempenho. Ao adotar esses princípios, você e sua equipe permanecerão focados em um objetivo comum.

Os KPIs de UX são métricas que medem o sucesso do seu design. Eles transformam dados sobre seus usuários em informações digeríveis que ajudam a acompanhar seu progresso. Essas métricas incluem a taxa de rejeição, o Net Promoter Score e a taxa de usuários recorrentes. Ao avaliar os KPIs de UX, considere como essas métricas podem ajudá-lo a atingir suas metas de negócios. Existem muitas maneiras diferentes de medir o sucesso da experiência do usuário, mas essas três métricas são essenciais para fazer uma ótima.

Por que o mobile first é importante?

Há muitos benefícios de projetar para dispositivos móveis primeiro. Ele não apenas oferece aos usuários a melhor experiência na web, mas elimina recursos móveis e problemas como tempo de carregamento lento. Dessa forma, seu site não será penalizado pelo Google, que quer ver seu conteúdo carregar rapidamente. Abaixo estão listados alguns desses benefícios:

Os objetivos dos usuários variam de usuários de desktop. O objetivo de um aplicativo de restaurante pode ser ver o cardápio, fazer uma reserva ou obter direções. Eles podem não estar interessados ​​em aprender sobre todo o seu histórico de negócios. Assim, o design mobile-first ajuda a focar a atenção do usuário nas informações mais importantes. Ao colocar recursos e CTAs importantes onde são necessários, seu site se tornará mais amigável e melhorará a experiência do usuário.

Ao contrário dos usuários de desktop, os consumidores são mais propensos a usar um smartphone para fazer a mesma tarefa. Como tal, uma interface mobile-first deve simplificar as tarefas mais comuns. Um bom exemplo é a opção de câmera disponível em muitos aplicativos de comércio eletrônico. A câmera é uma excelente maneira de inserir um cartão de crédito, por exemplo. Isso elimina a necessidade de um método de pagamento separado. Ao remover recursos desnecessários, o design mobile-first pode ser ampliado e fornecer uma ótima experiência de usuário para seus consumidores.

Criar uma ótima experiência mobile-first requer uma mudança de mentalidade para os designers. Os processos de design tradicionais dependem de wireframes e definem o conteúdo primeiro, e o conteúdo deve orientar a estratégia de design. Os usuários móveis querem algo simples, mas funcional, e é isso que os designers mobile-first se esforçam para oferecer. O desafio de implementar essa nova metodologia pode ser frustrante para alguns designers acostumados a uma abordagem tradicional de web design.

Write A Comment